Skip to main content
Skip to footer

SAFE v.20.3.0

As melhorias implementadas no SAFE 20.3.0 são:


Dimensionamento

O código de betão “CSA A23.3-19” foi adicionado para o projeto de lajes de betão armado e pré-esforçado.

 

 

O código NZS 3101-06, para lajes de betão armado, foi atualizado para contemplar as emendas 1 a 3.

 

 

Uma nova preferência no dimensionamento de lajes de betão armado está disponível para a norma "ACI 318-19", que permite definir o fator de redução de resistência ao corte dependente da profundidade, Lambda_s, para 1,0 para ensoleiramentos e sapatas segundo a ACI 318-19 13.2.6.2.

 

 

O dimensionamento de vigas de betão armado agora informa e exibe a armadura longitudinal necessária devida à torção e ao corte, além da armadura de flexão já anteriormente reportada.

 

 

 

Modelo Estrutural

Foram adicionadas bibliotecas de materiais do Canadá, para aço estrutural de acordo com a CSA G40.20-13/G40.21-13, betão de acordo com a CSA A23.3 e aço para armaduras ordinárias segundo a CSA G30.18: 21.

 

 

 

Visualização de Resultados

É agora possível ver os resultados das reações integradas em paredes de forma gráfica e em tabelas.

 

 

A exibição dos pontos de controlo dos cabos de pré-esforço foi melhorada para mostrar todos os pontos de controlo dentro de cada vão e para exibir a distância do offset vertical dos pontos de controlo do cabo relativamente à parte inferior da laje (ou capitel, se houver).

 

 

As tensões no terreno agora estão disponíveis em tabelas e são apresentados os valores nó a nó, além dos valores das envolventes anteriormente disponíveis com base em painéis de laje.

 

 

 

Application Programming Interface (API)

Os seguintes melhoramentos foram feitos na Interface de Programação de Aplicativos (API):

  • O cliente pode conectar-se a qualquer instância em execução do ETABS com base no ID do processo.
  • Um novo comando "Set as active instance for API" foi adicionado ao menu de Ferramentas.
  • Uma nova interface cPluginContract foi adicionada para simplificar o desenvolvimento de plugins.
  • A velocidade foi melhorada para clientes .NET externos que chamam a API encadeando propriedades e métodos em loops.