Skip to main content
Skip to footer

Ponte Kenneth F. Burns Memorial Bridge

July 11, 2016

A antiga ponte em arco de betão já fazia parte integrante da paisagem de Massachusetts mas tornou-se pouco eficiente devido ao seu estado de deterioração, agravado pelo aumento do volume de tráfego. Para substituí-la foram construídas duas pontes em separado, utilizando secções metálicas em arco, para distinguir o tráfego nas duas direções.

Os engenheiros envolvidos no projeto, da empresa FST Engineers, Inc., desenvolveram o modelo de cálculo no programa CSi Bridge para estudar os efeitos do faseamento construtivo, utilizando também programas e folhas de cálculo customizadas de pré e pós-processamento, desenvolvidas especificamente para o projeto.

O modelo teórico de faseamento construtivo utilizado no CSi Bridge permitiu simular com bastante aproximação os métodos de construção adotados, os quais foram constantemente avaliados ao longo da realização da obra. O modelo de cálculo foi ajustado durante a construção da ponte para atingir o nível de deformação previsto de acordo com as medições reais realizadas em várias fases da obra. Para além do modelo global, foram criados modelos detalhados de elementos finitos para analisar as complexas ligações metálicas entre vários elementos da estrutura.

A ponte Kenneth F. Burns Memorial Bridge foi recentemente premiada pela associação americana NSBA (National Steel Bridge Alliance) no grupo das pontes de médio vão.

Faça o download do artigo completo no lado direito da página.