Skip to main content
Skip to footer

ETABS v18.1.0

As melhorias implementadas no ETABS v18.1.0 são:

Performance-Based Design – Critério de aceitação

Possibilidade de atribuir critérios de aceitação às propriedades de Links e Panel Zones para uso nos checks de performance.

 

 

Possibilidade de atribuir critérios de aceitação a Piers e Spandrels que conseguem medir forças e tensões, ou tensões como resultado do racio da raiz quadrada do tensão de cedência do betão f’c.

 

 

Performance-Based Design – Resultados​

Melhorias na ferramenta Performance Check, que permite agora um maior controlo sobre o cálculo do rácio de capacidade (D/C ratio) para todo o modelo, bem como para cada objecto individualmente. Uma Performance Check pode agora incluir critérios de aceitação de Links, Strain gauges, esforços de Piers e Spandrels, e panel zones, bem como as frame e wall hinges que já estavam disponiveis. Possibilidade de criar tanto múltiplos Demand sets como múltiplas combinações, permito um maior controlo sobre os resultados do Performance Check.

 

 

Melhorias nas tabelas de output, que permitem a visualização do racio de capaciade (D/C ratio) para todo o modelo, bem como para cada objecto individualmente.

 

 

Melhorias no visualizador de resultados do Performance Check (Display > Performance Check), que permite agora incluir critérios de aceitação de Links, Strain Gauges, esforços de Piers e Spandrels, e Panel Zones, bem como as frames e wall hinges que já estavam disponiveis.

 

 

Implementação de um novo gráfico “Acceptance Criteira D/C ratio”. Este gráfico pode ser usado para visualizar o rácio de capacidade (D/C ratio) para um determinado grupo e nivel de performance para todas as steps de um load case multi-step (p.e. time-history).

 

 

Implementação de um novo item de menu (Display > Performance Check Usage Ratio Diagram) que mostra o rácio de capacidade (D/C ratio) para todos os demand sets num Perfomance check e para um determinado objectivo de performance. Este diagrama permite visualizar a contribuição relativa de Demand Set e/ou tipo de objecto num Performance check.

 

 

Análise

Possibilidade de correr vários Load Cases em paralelo. Esta característica é particularmente eficiente no âmbito do dimensionamento sísmico baseado no desempenho (Performance-Based Design), quando se pretende executar múltiplos casos de análise dinâmica não linear.

 

 

Agora, todas as mensagens de erro, aviso e informação emitidas durante a análise são compiladas e apresentadas no final da análise. Estas mensagens são as mesmas que aparecem no LOG de análise, mas são apresentadas num formato mais conciso. Também se pode consultá-las através de tabelas.

 

 

Dimensionamento

Melhorias no dimensionamento de estruturas metálicas através da norma russa SP16.13330.2017 (previamente denominada de SP16.13330.2011) nas equações de interação de esforços, relatório de dimensionamento e parâmetros de controlo.

 

 

Melhorias no dimensionamento de estruturas de betão armado através da norma Russa SP 63.13330.2012 para dimensionamento sismico, incluindo novos parametros de controlo.

 

 

Modelo Estrutural

Implementação de uma nova biblioteca de materiais para a região da Coreia. Esta biblioteca inclui materiais como o aço, betão e armaduras segundo a norma KBC 2016.

 

 

Resultados

Os resultados de combinações que incluam Load Cases do tipo multi-step podem agora ser consultados para cada step individual para além das envolventes máximas e mínimas anteriormente disponíveis.

 

 

Tabelas

Possibilidade de filtrar e ordenar tabelas clicando com o botão do rato direto sobre o cabeçalho da coluna desejada.