Saltar para o conteúdo principal
Saltar para o rodapé

Novidades

21 Jun | 2017

ETABS 2016 v16.2.0

As melhorias implementadas no ETABS 2016 v16.2.0 são:

Modelação

Possibilidade de definir diagramas de comportamentos reológicos segundo o regulamento europeu (Eurocódigo 2-2004), australiano (AS 3600-2009), neo-zelandês (NZS 3101-2006) e de acordo com o método de Gardner and Lockman (GL2000)
 


 

Análise

Possibilidade de definir a percentagem de armaduras a considerar em análises de fluência e retração para contabilizar o encurtamento axial de pilares e paredes
 

 

Cálculo do amortecimento para cada modo de vibração (modal damping) em análises time-history lineares e não lineares por integração direta
 



Resultados

Cálculo da abertura de fendas segundo o Eurocódigo 2-2004
 

 

 

 

 

 

07 Abr | 2017

ETABS 2016 v16.1.0

As melhorias implementadas no ETABS 2016 v16.1.0 são:

Interface

Melhorias na velocidade de visualização

Novas opções de visualização como o “Walk mode navigation” e “Cut-away plane”
 

 

 

Modelação

Nova base de dados dos materiais betão e aço de acordo com o regulamento Vietnamita
 

 

Ações

Implementação de ações laterais automáticas de sismo e funções de espetro de resposta de acordo com o regulamento do Vietnam (TCVN 9386:2012)

Implementação de ações laterais automáticas de vento de acordo com o regulamento do Vietnam (TCVN 2737:1995)

Implementação de ações laterais automáticas de vento de acordo com o regulamento Indiano (IS:875 - Part 3)


Resultados

Possibilidade de visualizar automaticamente as funções de espetro de resposta para cada acelerograma definido em análises time-history. É possível também gerar espetros de resposta para um conjunto de acelerogramas e vizualizar vários resultados como a envolvente, mediana, média, desvio padrão, entre outros
 


Importação e exportação

Nova opção de exportação de modelos através do formato STL para impressão 3D
 

 

Implementação da funcionalidade CSI Cloud, serviço online de armazenamento de dados, que permite a visualização do modelo e resultados de análise através de dispositivos móveis (ver mais)
 

 

 


 


 

27 Jan | 2017

ETABS 2016 v16.0.3

As melhorias implementadas no ETABS 2016 v16.0.3 são:

Modelação

O editor de traçado dos cabos foi redesenhado para permitir a edição simultânea das propriedades dos cabos em qualquer vão. Anteriormente, a edição dos traçados tinha de ser realizada de forma isolada para cada vão
 



Análise

Melhorias no comportamento dos elementos “link” do tipo “friction isolator” e “triple pendulum” para serem utilizados em análises dinâmicas não lineares


Dimensionamento

Implementação dos regulamentos Coreanos e de Hong Kong para o dimensionamento de pilares, vigas e paredes (Korean 2009 e Hong Kong 2013)

Implementação do regulamento Russo para o dimensionamento de lajes (Russian SP 63.13330.2012)
 



 

 

 

26 Out | 2016

ETABS 2016 v16.0.1 e v16.0.2

As melhorias implementadas no ETABS 2016 v16.0.1 e v16.0.2 são:

Análise

​Redução do tamanho dos ficheiros de resultados em análises estáticas multi-step e análises no tempo por integração direta. Esta melhoria é importante para reduzir o espaço no disco utilizado em modelos de performance-based design

Dimensionamento

​Foi incluído na versão chinesa do software o dimensionamento sísmico com base em deslocamentos através da norma Chinesa JGJ3-2010

Melhorias no dimensionamento de paredes de betão segundo a norma britânica BS 8110-1197

 

 

 

 

 

24 Ago | 2016

ETABS 2016 v16.0.0

As melhorias implementadas no ETABS 2016 v16.0.0 são:

Dimensionamento de Lajes

Integração de características do SAFE no ETABS referentes ao dimensionamento de lajes de acordo com diversos códigos internacionais como o Eurocódigo 2, ACI 318-14, etc

 

Introdução das bandas de integração de esforços em lajes

 

Modelação de pós-tensão e dimensionamento de lajes tendo em conta a pós-tensão em Estado Limite de Serviço e Estado Limite Último

 

Verificação de punçoamento de lajes sobre pilares e em zonas de cargas concentradas

 

Dimensionamento de armaduras de lajes baseado no método das bandas e elementos finitos
 

 

Modelação

Nova propriedade de junta articulada e/ou de corte atribuível a bordos de lajes e paredes/muros

Controlo de alinhamento entre lajes com desníveis e entre paredes/muros

Possibilidade de criar lajes e muros/paredes de espessura variável
 

 

Interacção solo-estrutura com definição de camadas de solo e geração de molas para fundações


Novas rótulas plásticas PMM paramétricas para barras metálicas e de betão armado

 

Geração de malhas mais eficiente. Agora as malhas permanecem guardadas e apenas são regeneradas as malhas dos pisos que tenham sofrido alterações

 

Ações

Possibilidade de introduzir cargas variáveis em elementos shell

Cargas laterais automáticas de vento e sismo de acordo com o regulamento Canadiano NBCC 2015

 

Introdução da função de espetro de resposta para os regulamento Russo e Canadiano (NBCC 2015)

 

 

Análise

Determinação automática do deslocamento-alvo para análises estáticas não lineares (pushover) de acordo com o Eurocódigo 8

Novas ferramentas para verificação automática dos níveis de vibração induzidos pela passada humana em pavimentos, através de análises dinâmicas

 

Melhorias na velocidade de análises não-lineares estáticas e dinâmicas

 

Melhoria no comportamento das rótulas de fibras

Novas opções disponíveis nas análises de faseamento construtivo, tais como a referenciação de objetos através dos respetivos pisos e a alteração de propriedades de links

 

Dimensionamento

Melhorias no dimensionamento de estruturas metálicas de acordo com o Eurocódigo 3, tais como a inclusão dos esforços de torção e o cálculo de comprimentos de encurvadura para situação de nós fixos

Melhorias no dimensionamento de pilares e vigas de betão armado de secção variável

Novo overwrite de dimensionamento de betão armado para inclusão/exclusão dos esforços de torção

 

 

Resultados

Gráficos dinâmicos de resposta global da estrutura para análises time history e análises estáticas não lineares

 

Exportação e Importação

Melhorias na interoperabilidade com o Revit

 

 

 

 

 

25 Nov | 2015

ETABS 2015 v15.2.0 e v15.2.2

As melhorias implementadas no ETABS 2015 v15.2.0 e v15.2.2 são:

Dimensionamento

Melhorias no dimensionamento de paredes e núcleos através do Eurocódigo 2-2004 para reportar o comprimento livre utilizado na determinação da encurvadura nos “piers”

 

Atualização da base de dados dos materiais para a Rússia

Melhorias no dimensionamento através das normas canadianas (CSA S16-09 e CSA S16-14) para limitar a largura efectiva da laje a ¼ do vão da viga e ter em conta a deformação devido à retração do betão

 

Resultados

Tabelas de resultados com a indicação dos valores máximos dos “drifts” em cada piso e diafragma

Resultados dos “drifts” reportados nas extremidades dos contraventamentos

 

Exportação e Importação

Possibilidade de exportar ficheiros AutoCAD versões 2015 e 2016

 

API (Application Programming Interface)

Possibilidade de aceder aos plugins, criados a partir da API, dentro do programa ETABS

 

Versão Chinesa

Inclusão dos relatórios de cálculo detalhados na versão chinesa

Outras melhorias 

 

 

 

 

 

 

28 Jul | 2015

ETABS 2015 v15.1.0

As melhorias implementadas no ETABS 2015 v15.1.0 são:

Modelação 

Foi adicionado um novo tipo de elemento "Darwin-Pecknold" para modelação 2D do comportamento não-linear de objetos de betão do tipo "layered shell". Este tipo de elemento representa a compressão no betão, fendilhação e comportamento ao corte, sob a ação simultânea de cargas monotónicas e cíclicas. É possível ainda ter em conta a inclinação das fissuras

Resultados para os elementos "layered shell"

 

Definições da "layered shell"

 


Possibilidade de definir diagramas de comportamentos reológicos segundo as normas CEB-FIP 2010 e ACI 209R-92, e fatores de escala para os mesmos. Também já é possível a definição manual dos referidos diagramas



As dimensões da secção para ter em conta os efeitos diferidos e a retração podem agora ser especificadas a partir das propriedades das mesmas, em vez de estarem associadas ao nível dos materiais

 

Ações

Implementação das ações laterais automáticas de sismo de acordo com a norma da República Dominicana R-001

 

Implementação das funções de espetro de resposta de acordo com as normas da Costa Rica (Costa Rica Seismic code 2010), Equador (NEC-SE-DS-2015), México (CFE-93 e CFE-2008) e Peru (NTE E.030 2014)  

 

Análise

Introdução de uma verificação de estabilidade adicional para casos de carga estática não linear, que permite reportar as zonas de rutura devido a não linearidades de material e geométrica

Aumento da velocidade de cálculo em análises estáticas não lineares e time-history, recorrendo ao método de integração direta, para modelos que contenham muitos elementos shell

 

Dimensionamento

Implementação de várias melhorias no dimensionamento de vigas mistas para aumentar a produtividade e melhorar os relatórios de cálculo

 

 

 

23 Fev | 2015

ETABS 2015 v15.0.0

As melhorias implementadas no ETABS 2015 v15.0.0 são:

Modelação 

Melhorias significativas no Direct X para modelos complexos e de grandes dimensões

 

 

Geração de acelerogramas artificiais a partir de espectros de resposta

 

 

Definição de múltiplas excentricidades acidentais das massas por piso para análises dinâmicas

 

Introdução automática de imperfeições geométricas seguindo a configuração deformada de modos de encurvadura e vibração
 

 



Dimensionamento

Possibilidade de introduzir rótulas plásticas em paredes

 

Múltiplas opções de histerese para rótulas plásticas

 

Média dos valores obtidos para múltiplas análises temporais não-lineares ("time history")

 

Opção quase-estática para convergência de análises em modelos complexos

 

Melhorias no interface de utilização para o dimensionamento automático de vigas mistas

 

 

Implementação da norma ACI 318-14 para o cálculo de estruturas de betão armado 

Implementação da norma CSA A23.3-14 para o cálculo de estruturas de betão armado 

Implementação da norma KBC 2009 para o cálculo de estruturas de betão armado 

Implementação da norma CSA S16-14 para o cálculo de estruturas metálicas 

Implementação da norma KBC 2009 para o cálculo de estruturas metálicas 

Implementação da norma CSA S16-14 para o cálculo de vigas mistas 

Implementação de funções automáticas de espectros de resposta para a Argentina, Chile, Colômbia, República Dominicana, Equador, Guatemala, México, Perú e Venezuela

Melhorias gerais no dimensionamento segundo as normas já implementadas


Conexão com outros programas
 

Melhorias significativas na API

 

 

 

22 Dez | 2014

ETABS 2013 v13.2.0, v13.2.1 e v13.2.2

As melhorias implementadas no ETABS 2013 v13.2.0, v13.2.1 e v13.2.2 são:

Modelação 

Implementação da opção "Auto-Relabel" para renomeação das barras

Implementação de novas secções e materiais de acordo com as normas russas

Possibilidade de definir e especificar o material "Alvenaria" (Masonry)

Possibilidade de definir e criar várias massas para diferentes tipos de casos de análise

As cargas fictícias podem agora ser baseadas em cargas de neve e outras cargas gravíticas


Dimensionamento

Implementação da norma ASCE 41-13 para análises "performance-based design" considerando o cálculo de rótulas plásticas para objetos de barra e o comportamento "panel zone" e BRBs ("buckling-restrained braces")

Possibilidade de escolher o anexo nacional da Singapura na definição de espetros de resposta de acordo com o Eurocódigo 8-2004

Implementação da Emenda Nº 1 da norma Indiana IS 800:2007 para o dimensionamento de estruturas metálicas

Melhorias na visualização dos parâmetros definidos a partir dos "overwrites" nas estruturas metálicas

Introdução da ação da neve nas combinações automáticas através das normas Canadianas (CSA A23.3-04 e CSA S16-09)

Melhorias no dimensionamento de vigas mistas

Implementação do dimensionamento de paredes através da norma Indiana IS 456:2000, tendo em conta a mínima excentricidade na maior e menor direção devido à esbelteza
 

Análise

Aumento da velocidade de análise para a maior parte dos casos de análise

Aumento do tempo de convergência e redução do tempo de cálculo para análise estáticas não lineares e análise "time history" através de integração direta ("direct integration")

 

Resultados

Várias tabelas de dados foram adicionadas ou foi expandido o seu conteúdo

As definições das tabelas podem agora ser guardadas num arquivo de texto

 

 

13 Jun | 2014

ETABS 2013 v13.1.5

As melhorias implementadas no ETABS 2013 v13.1.5 são:

Aumento do tempo de convergência e redução do tempo de análise no algoritmo de cálculo para análises "time history" através de integração direta ("direct integration")

 

 

 

17 Abr | 2014

ETABS 2013 v13.1.4

As melhorias implementadas no ETABS 2013 v13.1.4 são:

Modelação

Implementação de novas secções de vigas e pilares chineses

Conexão com outros programas

Melhorias na importação de ficheiros DXF e DWG para transformar automaticamente objetos de arquitetura em objetos estruturais no modelo do ETABS

Melhorias na importação de modelos do Revit Structure para o ETABS, de forma a incluir pilares inclinados e aberturas em paredes

Melhorias na importação de modelos 3D em DXF e DWG para detetar e gerar automaticamente pisos no ETABS e dividir paredes por pisos

 

 

 

10 Out | 2014

ETABS 2013 v13.1.2 e v13.1.3

As melhorias implementadas no ETABS 2013 v13.1.2 e v13.1.3 são:

Dimensionamento

Atualização do dimensionamento automático de vigas, pilares e paredes de betão, de acordo Emenda Nº3 - 2011 da norma AS 3600-09/NZS 3101-06, para afetar as combinações sísmicas

Melhorias no dimensionamento automático de paredes de betão de acordo como Eurocódigo 2-2004, para o cálculo da armadura uniforme e implementação de novas opções no "section designer"


Resultados

As tabelas de resultados com os fatores de participação modal foram melhoradas para incluir a contribuição das massas adicionais na estrutura, para além da massa concentrada nos diafragmas

As tabelas de resultados podem agora ser exportadas para ficheiros XML e visualizadas em Microsoft Access
 

Conexão com outros programas

É possível exportar cargas na estrutura do ETABS para o SAFE, provenientes de um caso de análise do tipo faseamento construtivo

Melhorias na importação de ficheiros AutoCAD, nomeadamente na importação direta de pisos, sistemas de grelhas e modelos 3D

Melhorias na importação e exportação de ficheiros IFC 4

Melhorias na importação de ficheiros SDNF

Melhorias na importação de ficheiros CIS/2

Novas funções implementadas para melhoria da API

 

 

 

10 Jun | 2014

ETABS 2013 v13.1.0 e v13.1.1

As melhorias implementadas no ETABS 2013 v13.1.0 e v13.1.1 são:

Modelação

Melhorias nas propriedades das secções metálicas e de betão armado

Possibilidade de introduzir massa adicional na estrutura, para além do peso próprio e da massa associada aos casos de carga
 

Dimensionamento

Introdução do regulamento Hong Kong CP 2013 para o dimensionamento de vigas, pilares e paredes de betão armado

Introdução das ações laterais automáticas do vento de acordo com as normas australianas e neozelandesas AS/NZS 1170.2-2011

Introdução das ações laterais automáticas do vento de acordo com as normas ASCE7-02, ASCE7-05 e ASCE 7-10, para determinação automática dos coeficientes de pressão (sucção e pressão) a partir das dimensões do edifício.


Resultados

Introdução de novas tabelas com informações adicionais sobre as propriedades das secções dos "piers" e "spandrels"
 

Conexão com outros programas

Melhorias na importação e exportação de ficheiros IFC


Outras

Possibilidade de customizar atalhos para o teclado para acesso a vários menus

 

 

 

22 Abr | 2014

ETABS 2013 v13.0.0

As melhorias implementadas no ETABS 2013 v13.0.0:

Modelação

Melhorias nas propriedades das secções metálicas e de betão armado

Opção "Model explorer" para rápido acesso a qualquer parte/componente do modelo

Criação de modelos tridimensionais de objetos através da importação de ficheiros em AutoCAD

Criação de modelos estruturais no ETABS através da importação de plantas de arquitetura em AutoCAD

Possibilidade de criar modelos 2D/3D a partir de templates

Possibilidade de visualizar alterações durante o processo de edição e/ou desenho

Modelação de vigas, lajes e paredes curvas

Deteção dos contornos dos objetos para facilidade de modelação

Opções de zoom e rotação durante a modelação de uma estrutura

Possibilidade de criar paredes e núcleos de forma paramétrica

Melhorias nas janelas de edição e seleção

Introdução de "intelligent snaps" para facilitar o processo de modelação

Introdução da opção "Tower" para existência de múltiplas torres com sistemas de grelhas e pisos dependentes

Propriedades lineares e não lineares para objetos de nós, barras e área

Definição de múltiplas opções de carregamentos para objetos de área

Possibilidade de utilizar diferentes sistemas de unidades no input/output de resultados
 

Análise

Motor de 64 bit Advanced SAPFire Analysis Engine para aumentar a capacidade de cálculo e análise para modelos complexos

Novo solver do tipo "multi-threaded" para sistemas multi-CPU e multi-core

Utilização de análises a 64 bits para melhorar a performance e resposta do cálculo

Opção "Model Alive" para visualizar automaticamente as alterações realizadas ao modelo

Melhorias nas opções de edição da malha de elementos finitos

Opção "Range" para combinações de casos de carga

Faseamento construtivo com possibilidade de alterar secções e carregamentos na estrutura

Introdução de variáveis dependentes do tempo como a fluência e retração

Introdução de opções para modificação de geometria através da otimização

Introdução do elemento "layered shell" não linear para as paredes de acordo com os pressupostos do "performance based design"

Novo isolador de base não linear do tipo "Triple Pendulum"

Novo elemento multi-linear plástico para modelar fundações

Introdução de rótulas plásticas não lineares automáticas para objetos de barra

Melhorias na análise de encurvadura de elementos estruturais

Métodos de integração direta linear e não linear para análises time-history

Resultados de integração de esforços em paredes e lajes (section cuts)

Implementação de várias opções para resultados de deslocamentos, como por exemplo, médias, deslocamentos relativos entre pisos, etc.
 

Dimensionamento

Implementação de cargas laterais automáticas de sismo para vários códigos e normas internacionais

Implementação de cargas laterais automáticas de vento para vários códigos e normas internacionais

Implementação de funções de espetro de resposta para vários códigos e normas internacionais

Consideração automática da excentricidade acidental para a ação do sismo

Consideração automática da ação do vento para várias direções

Implementação da opção de redução de sobrecarga para vários códigos e normas internacionais

Melhorias na saída e visualização de resultados

Introdução de novos regulamentos sísmicos para o cálculo de estruturas metálicas

Introdução de considerações especiais para EBF e BRB

Introdução de novos regulamentos sísmicos para o cálculo de estruturas de betão

Introdução de novos regulamentos para o cálculo de vigas mistas

Introdução de novos regulamentos para o cálculo de pilares mistos

Atualização dos regulamentos sísmicos para o cálculo de paredes

Introdução do dimensionamento de paredes de alvenaria de acordo com a ACI 530-11

Atualização do dimensionamento de vigas treliçadas conforme a norma SJI 2010

Otimização das armaduras para paredes

Dimensionamento de paredes curvas

Otimização do deslocamento relativo entre pisos para estruturas metálicas e de betão armado

Otimização do deslocamento relativo entre pisos para estruturas de parede

Introdução do dimensionamento de ligações e chapas metálicas de acordo com a AISC 360-10

Opções de visualização

Aumento do número de vistas e janelas

Opções de renderização de modelos

Nova janela de visualização através de DirectX

Visualização da direção dos vetores com a indicação das forças e tensões máximas em lajes e paredes

Visualização dos diagramas de esforços no modelo 3D

Opções de impressão de gráficos com escalas específicas

Resultados

Visualização de dados de input e output através de tabelas

Fácil acesso a tabelas através do "model explorer"

Melhorias na visualização das tabelas com novas opções de filtro e seleção

Geração automática de relatórios de projeto

Opções de customização para os relatórios de projeto

"Named displays" e ficheiros de texto podem ser adicionados aos relatórios de cálculo

Visualização de relatórios diretamente no ecrã

Exportação do relatório de cálculo para ficheiros .docx

 


Pormenorização

Introdução de desenhos e pormenores esquemáticos para estruturas metálicas e de betão

Introdução de mapas com informação das secções e propriedades para estruturas metálicas

Introdução de mapas com informação das secções e propriedades para estruturas mistas

Introdução de mapas de armaduras para vigas e pilares de betão

Pormenores de armaduras em alçado e corte para paredes

Customização das preferências de pormenorização

Customização dos desenhos para múltiplas vistas

Geração da lista de quantidades automática

Impressão e exportação para AutoCAD

Conexão com outros programas

API disponível

Importação e exportação de ficheiros IFC2x2, 2x3 e 2x4

Importação e exportação de/para o programa Revit 2011, 2012 e 2013

Importação e exportação de/para o programa AutoCAD 2011, 2012 e 2013

Exportação de imagens para os formatos pdf, dxf, bmp, jpeg, giff e png

 

Documentação

Melhorias e introdução de novos documentos de apoio à utilização do programa


Normas e Códigos implementados

 

Cargas laterais automáticas - Sismo

  • ASCE 7-10
  • AS/NZS 1170 2002
  • GB50011-2010
  • Eurocode 8 2004
  • IS 1893 2002
  • Italian NTC 2008
  • NBCC 2010
  • Turkish Seismic Code 2007
  • NZS 1170 2004
  • BOCA 96
  • ASCE 7-02
  • ASCE 7-05
  • NBCC 95
  • NBCC 2005
  • NEHRP 97
  • UBC 94
  • UBC 97

     

Funções de espetro de resposta

  • AS1170-2007
  • ASCE 7-02
  • ASCE 7-05
  • ASCE 7-10
  • BOCA 96
  • GB50011-2010
  • Eurocode 8-2004
  • IS 1893:2002
  • Italian NTC 2008
  • Italian3274
  • NBCC 2005
  • NBCC 2010
  • NBCC95
  • NEHRP97
  • NZS1170-2004
  • NZS 4203
  • Turkish Seismic Code 2007
  • UBC 94
  • UBC 97
     

Normas para estruturas metálicas

  • AISC 360-10
  • AISC 360-05
  • AISC LRFD 93
  • AISC ASD 89
  • AS 4100-1998
  • BS 5950-2000
  • CSA S16-09
  • Eurocode 3-2005
  • IS 800:2007
  • Italian NTC 2008
  • NZS 3404:1997
  • GB50017-2003

 

 
 
 

Normas para vigas mistas

  • AISC 360-10
  • AISC 360-05
  • BS 5950-1990
  • CSA S16-09
  • Eurocode 4-2004
  • GB50017-2003

 

 

Normas para pilares mistos

  • AISC 360-10
  • JGJ3-2010, CECS159:2004, JGJ138-2001

 

 

Cargas laterais automáticas - Vento

  • ASCE 7-10
  • AS/NZS 1170 2002
  • GB50011-2010
  • Eurocode 8 2004
  • IS 1893 2002
  • Italian NTC 2008
  • NBCC 2010
  • Turkish Seismic Code 2007
  • NZS 1170 2004
  • BOCA 96
  • ASCE 7-02
  • ASCE 7-05
  • NBCC 95
  • NBCC 2005
  • NEHRP 97
  • UBC 94
  • UBC 97
  • UBC 97 Isolated


Redução de sobrecarga

  • ASCE 7-95
  • ASCE 7-05
  • ASCE 7-10
  • AS/NZ 1170.1-2002
  • Chinese GB 50009-2012
  • Eurocode 1991:2002
  • Hong Kong COP 2011
  • Indian IS 875-1987
  • NBCC95
  • NBCC2005
  • NBCC2010
  • UBC97
  • User Parameters (per Section 1607.5, UBC 1997)
  • User Defined Curves (By Tributary Area)
  • User Defined (By Stories Supported
     

 


 

Normas para estruturas de betão

  • ACI 318-11
  • ACI 318-08
  • ACI 530-11
  • AS 3600-09
  • BS8110-97
  • CSA A23.3-04
  • Eurocode 2-2004
  • Hong Kong CP 2004
  • IS 456:2000
  • Italian NTC 2008
  • KCI-1999
  • Mexican RCDF 2004
  • NZS 3101:2006
  • Singapore CP 65:99
  • TS 500-2000
  • GB50010-2010
     

Normas para estruturas de parede

  • ACI 318-11
  • ACI 318-08
  • AS 3600-09
  • BS 8110-97
  • CSA A23.3-04
  • Eurocode 2-2004
  • Hong Kong CP 2004
  • IS 456:2000
  • Mexican RCDF 2004
  • NZS 3101:2006
  • Singapore CP 65:99
  • TS 500-2000
  • GB50010-2010