Saltar para o conteúdo principal
Saltar para o rodapé

Novidades

 

20 Mar | 2016

SAFE 2016 v16.0.0 e v16.0.1

As melhorias implementadas no SAFE 2016 v16.0.0 e v16.0.1 são:


Modelação

Introdução de nova opção que permite considerar o comportamento elasto-plástico de molas, definidas através de pontos, linhas ou áreas, para simular as propriedades do solo
 

 

Consideração de forma cumulativa das propriedades das molas quando aplicadas através de objetos de área “none”

Possibilidade de atribuir o módulo de elasticidade fendilhado para cada material definido como betão. Anteriormente, só era possível atribuir o mesmo “overwrite” a todos os materiais de betão
 

 

O editor de traçado dos cabos foi redesenhado para permitir a edição simultânea das propriedades dos cabos em qualquer vão. Anteriormente, a edição dos traçados tinha de ser realizada de forma isolada para cada vão
 

 

Análise

O solver "multi-threaded” foi melhorado para conduzir a resultados de cálculo mais precisos

 

Exportação e importação

  • Melhorias na exportação e importação de ficheiros DXF

 

 

 

 

 

 

17 Jul | 2015

SAFE 2014 v14.1.0 e v14.1.1

As melhorias implementadas no SAFE 2014 v14.1.0 e v14.1.1 são:

Dimensionamento

Implementação das normas ACI 318-14 e CSA A23.3-14 para o dimensionamento de estruturas de betão armado e pós-tensionadas

 

A verificação de punçoamento para pilares de canto, que considera uma distribuição linear de esforço transverso ao longo do perímetro crítico, exclui agora o efeito favorável do momento de inércia transversal, de forma a tornar o cálculo menos conservativo. Esta melhoria foi implementada para as normas americanas, canadianas, chinesas e indianas
 

 

Análise

Aumento da velocidade de cálculo para análises não lineares

 

 

 

17 Fev | 2014

SAFE v14.0.0

As melhorias implementadas no SAFE v14.0.0 são:

 

Novos códigos para o dimensionamento de estruturas de betão armado e pós-tensionadas de acordo como as normas ACI 318-11, Italian NTC 2008, Turkish TS 500-2000 e TS 3233-1979 e Hong Kong CP 2013

A resistência do betão utilizada nos materiais e códigos de dimensionamento chineses foi alterada para se referir à resistência característica do material em vez do grau de resistência, como acontecia no SAFE v12

As bandas de integração podem agora ser importadas de ficheiros DXF/DWG 

Possibilidade de importar e exportar ficheiros DWG do AutoCAD 2013 e 2014

Possibilidade de importar e exportar modelos em Revit Structure 2014 utilizado a aplicação CSiXRevit. Os modelos podem ser criados no SAFE e/ou no Revit Structure 2014 

Atualização em termos de licenciamento para servidores virtuais, permitindo uma maior flexibilidade na utilização das licenças

 

 

 

17 Jan | 2012

SAFE v12.3.2

As melhorias implementadas no SAFE v12.3.2 são:

Alteração da equação 8.1.3(2) da norma australiana para o dimensionamento de lajes de betão armado e pós-tensionadas de acordo com a Emenda Nº1 da AS 3600-2009

Os elementos de ligação "shear links" passam a reconhecer o comportamento da laje de forma independente do comportamento da viga. Esta melhoria vai afetar todos as normas e códigos de dimensionamento

 

 
 

 

15 Dez | 2010

SAFE v12.3.1

As melhorias implementadas no SAFE v12.3.1 são:

Implementação do anexo nacional da Dinamarca, Finlândia, Noruega, Eslovénia e Suécia para o dimensionamento de lajes de betão armado e pós-tensionadas de acordo com o Eurocódigo 2-2004

Implementação do regulamento chinês GB 50010-2010

Implementação do regulamento australiano AS 3600-2009 para o dimensionamento de vigas e lajes de betão armado e pós-tensionadas

Inclusão da ação da neve na geração das combinações automáticas conforme o Eurocódigo 2-2004

Introdução da formulação "thin-plate" para lajes. Inicialmente todas as lajes eram modeladas recorrendo à formulação "thick-plate" para ter em conta a deformação por esforço transverso. A formulação "thin-plate" é aconselhada para uma análise mais teórica, enquanto que a formulação "thick-plate" é mais adequada para o dimensionamento real das lajes

Introdução da opção Standard VS Post-Tensioning (P/T) na inicialização de um modelo, de forma a simplificar a modelação

 

 

 

12 Jul | 2010

SAFE v12.3.0

As melhorias implementadas no SAFE v12.3.0 são:

Implementação de novos comandos para desenho de troços curvos em lajes

Visualização e cálculo das aberturas de fendas em lajes de betão armado de acordo com o capítulo 7.3.4 do Eurocódigo 2-2004

Verificação de punçoamento abrangida para os bordos dos pilares com capitéis em qualquer situação

Verificação de punçoamento passa agora a ser realizada para a média do esforço transverso em torno do perímetro crítico, em vez do valor máximo

Introdução do mapa de quantidades para as fundações e quadro de sapatas com a indicação de geometrias e armaduras

Convergência de análises não lineares controlada pelo utilizador, de forma a permitir uma maior flexibilidade na análise

 

 

 

6 Jan | 2010

SAFE v12.2.0

As melhorias implementadas no SAFE v12.2.0 são:

Melhorias nas opções de geração da malha de elementos finitos para aumento da eficiência e rapidez de cálculo

Melhorias na importação de ficheiros DXF/DWG

A cotagem em desenho adapta-se automaticamente com as alterações de posicionamento das grelhas e objetos estruturais

Todas as excentricidades nos cabos de pós-tensão podem ser visualizadas nas plantas estruturais

As vigas em T e L podem agora ser especificadas para serem invertidas

Possibilidade de converter várias secções de vigas em secções de lajes com espessura equivalente

Implementação da ação da temperatura incluindo variações de temperatura diferenciais na laje

Ações laterais e momentos distribuídos podem agora ser aplicados em vigas. Ações laterais podem também ser aplicadas em lajes. Possibilidade de importação de ações laterais a partir do ETABS

Análise da deformação a longo prazo tendo em conta os efeitos da fluência, retração e outras ações impostas

Possibilidade de converter combinações de ações em casos de análise não linear para estudo do comportamento "uplift" em fundações

Distinção das bandas de integração centrais (sobre os pilares) e laterais para melhorar o dimensionamento e relatórios de cálculo

Especificação de armaduras pelo utilizador no dimensionamento. Nesse caso, o programa poderá prescrever uma armadura adicional no caso da armadura definida pelo utilizador não ser suficiente

Melhorias na verificação do punçoamento para ter em conta os pilares de canto e introdução de novos "overwrites" para controlo das opções de cálculo

Implementação do método dos elementos finitos para a análise de lajes pós-tensionadas

Melhoria nas definições das secções das vigas para uma correta consideração da interação com a laje

Implementação da versão chinesa do programa para utilizadores com licença específica

Implementação de atalhos no teclado para acesso a vários menus

Melhorias gerais no aspeto, utilização dos menus e velocidade de resposta

 
 

 

2 Dez | 2008

SAFE v12.0.0

As melhorias implementadas no SAFE v12.0.0 são:

Modelação

Templates

Inicialização de um modelo com as normas de dimensionamento específicas, materiais e secções pré-definidas

Templates para lajes fungiformes, vigadas, nervuradas, ensoleiramentos, sapatas isoladas e agrupadas

 Possibilidade de ativar a opção pós-tensionamento para lajes
 

Ferramentas

Sistema de grelhas retangulares, cilíndricos e genéricos

Possibilidade de adotar o sistema de coordenadas locais para os elementos estruturais

Secções retangulares, circulares e em forma de T e L, para pilares e contraventamentos

Vigas e lajes curvas

Paredes curvas e rampas inclinadas

Desenho de capitéis e aberturas

Possibilidade de desenhar descontinuidades em lajes para modelação de juntas ou desníveis

Variedade de geometrias, variações de espessuras e carregamentos para lajes

Definição das propriedades e traçado dos cabos de pós-tensão verticais e horizontais

Definição de bandas de integração com larguras e inclinações em planta diversas
 

Malhas e Constrangimentos

Ferramentas de geração da malha de elementos finitos bastante versáteis

Novo tipo de "edge constraint" para conectar internamente malhas de elementos finitos descontínuas

Possibilidade em não considerar o momento fletor e o esforço transverso no dimensionamento de lajes  


Model Explorer

Facilidade em aceder a todas as funcionalidades e características do modelo sem recorrer aos menus

Possibilidade em definir, duplicar e modificar as propriedades dos elementos estruturais a partir do "Model Explorer"

Facilidade em atribuir novas propriedades aos elementos através da opção "drag and drop"


Automatização

Definição automática de bandas de integração através da geometria da laje

Geração automática de alternância de sobrecarga nas lajes

Definição automática do traçado dos cabos de pós-tensão para balanceamento das cargas permanentes

Geração automática da malha de elementos finitos


Desenho

Ferramentas de desenho para linhas, áreas, cabos de pós-tensão e bandas de integração

Opções de "Quick draw" para desenho dos vários elementos estruturais

Opções de "Intelligent snap" que permitem o controlo de comprimentos e ângulos

Opção "Graph paper horizon" para auxiliar a modelação através de quadrículas

Importação de plantas de arquitetura como referência e apoio à modelação

Unidades de arquitetura para desenho e/ou apresentação de cotagens

Ferramentas para desenho de comprimentos e ângulos

Desenho através de visualização 3D e elaboração de alçados (developed elevations)

Ferramentas para desenho de arcos, círculos e elipses

Ferramentas para desenho de bandas de integração através de polilinhas

Cotagem em desenho associada aos objetos estruturais

Possibilidade de introduzir excentricidades em relação ao eixo das vigas, pilares e paredes

Possibilidade de edição de elementos clicando no botão direito do rato

Opções para mover, replicar e espelhar modelos


Opções de visualização

Nova interface gráfica em 2D e 3D

Desenho rápido de alçados para visualização global da estrutura

Visualização da geometria deformada e carregamentos aplicados à estrutura

Visualização da deformada, momentos fletores, tensões e pressões de contacto em lajes

Opções para visualização de mapas em lajes através de contornos coloridos

Visualização dos momentos e esforço transverso em vigas em planta

Visualização das reações

Visualização dos esforços nas bandas de integração

Opções de visualização das tensões nos cabos de pós-tensão

Visualização gráfica da armadura necessária em lajes e vigas

Vistas 3D extrudidas para pilares, paredes, vigas e lajes

Criação de imagens e vídeos

Várias opções de luminosidade e transparência através do Direct-X


Análise

Dimensionamento de lajes através do método dos elementos finitos e método das bandas

Novo solver para aumento da capacidade de cálculo e análise

Propriedades ortotrópicas para lajes

Opções de modelação de lajes considerando a deformação por esforço transverso (thick plate)

Vigas com comportamento à flexão, corte e torsão

Modificadores de rigidez para lajes, vigas, pilares, paredes e rampas

Conversão dos cabos de pós-tensão em cargas equivalentes

Análise não linear de longo prazo para a consideração da fluência

Análise não linear para consideração da fendilhação

Análise das tensões nos cabos de pós-tensão em cada fase

Análise não linear para simulação do solo com possibilidade de "uplift"

Análise não linear em molas

Motor de 64 bit Advanced SAPFire Analysis Engine para aumentar a capacidade de cálculo

Cargas pontuais, lineares e distribuídas

Variação das cargas linearmente em qualquer direção

Cálculo automático das perdas nos cabos de pós-tensão

Cargas laterais automáticas de vento e sismo para diversos códigos internacionais

Análise de espetro de resposta através das ações e modos importados do ETABS

Casos de análise e combinações ilimitadas


Dimensionamento

Dimensionamento de lajes e vigas de acordo com variadas normas e regulamentos internacionais

Dimensionamento considerando o pós-tensionamento

Dimensionamento das bandas de integração

Verificação das tensões de puxe, após perdas iniciais e a longo prazo, nos cabos de pós-tensão

Verificação do punçoamento e cálculo de armaduras específicas se necessário


Pormenorização

Pormenorização de lajes, vigas, ensoleiramentos e sapatas

Estão incluídas a pormenorização de lajes pós-tensionadas e de bandas de integração  

Customização das preferências de pormenorização

Desenho de plantas, alçados e cortes estruturais

Introdução de mapas de armaduras para vigas e lajes de betão

Customização dos desenhos para múltiplas vistas

Atualização automática de desenhos após alterações no modelo de cálculo

Geração da lista de quantidades automática

Opções para pormenorizar grupos de elementos estruturais

"Section cuts" para lajes, vigas e ensoleiramentos

Opções de customização para textos, anotações, cotagens, linhas, escalas, etc.

Customização da numeração para vários tipos de elementos estruturais

Possibilidade de inserir conteúdos externos nos desenhos gerados pelo SAFE

Impressão e exportação para AutoCAD


Relatórios de Cálculo

Geração automática de relatórios de projeto

Opções de customização para os relatórios de cálculo

Vistas e imagens customizadas podem ser adicionadas aos relatórios de cálculo

Visualização de relatórios diretamente no ecrã

Possibilidade de utilizar diferentes unidades no relatório

Exportação do relatório de cálculo para ficheiros .docx


Importação e Exportação

Importação de modelos realizados com a versão 9 do ETABS, incluindo os resultados para espetro de resposta

Variedade de tabelas com todo o tipo de informações

Importação e exportação de geometria, cabos de pós-tensão, bandas de integração e armaduras de/para o programa AutoCAD

Importação e exportação de ficheiros Excel, Access ou ficheiros de texto

Impressão de tabelas