Skip to main content
Skip to footer

Características e Funcionalidades

Modelação 


Desenho

O CSiPlant integra muitas utilidades de desenho para melhorar a experiência de modelação, incluindo a criação automática de cotovelos/redutores/Tês e a geração de múltiplos suportes/links em qualquer ponto.


Plantas e Alçados

As vistas em planta e os alçados são gerados automaticamente em cada linha de grelha, permitindo uma navegação rápida pelo modelo.

 

 

Bibliotecas

Muitas bibliotecas disponíveis, incluindo centenas de materiais/curvas ASME B31.3, materiais/secções do SAP2000, tubos ASME B36.10 (W/m), flanges Texas e válvulas Velan.

 

Pipelines

Gere redes de tubagem facilmente com as ferramentas de desenho do CSiPlant. O esquema de etiquetagem para cada pipeline é totalmente personalizável.

 

Ferramentas de discretização

Os engenheiros têm muitas opções quando se trata da geração de elementos finitos no CSiPlant. Basta selecionar o objeto de tubagem ou de barra e, em seguida, selecionar as regras para a discretização automática em elementos finitos.

 

"Joint Constraints"

Modele comportamentos rígidos ou de diafragma, forçando os nós a moverem-se e girarem em conjunto de acordo com o comportamento de uma ligação rígida.

 

Gráficos

Os gráficos DirectX acelerados por hardware permitem a navegação de modelos com rotações rápidas e múltiplos modos de visualização, incluindo linhas simples, linhas duplas e vistas extrudidas.

 

Ferramentas de Snap

Ferramentas que incluem opções de ajuste ao longo de objetos e recursos de ajuste de extensão ortogonal.

 

Tipos de Objetos 

 

Suportes

Podem ser definidos vários tipos de suportes diferentes no CSiPlant, incluindo ancoragens, guias, batentes, suportes verticais, amortecedores e suspensão por varão ou mola. Cada um pode ser aplicado como um suporte de 1 ou 2 pontos para se conectar a outras partes do modelo. Os utilizadores podem especificar folgas, atrito, amortecimento e rigidez linear ou não-linear de molas em cada direção, e criar bibliotecas customizadas de suportes para reutilização e estandardização.

 

Componentes

Defina as propriedades dos componentes, incluindo válvulas e flanges.

 

Tubagem

Os tubos podem ser desenhados com vários tipos de cotovelos (regular e mitre), reduções e Tês. Os utilizadores têm a capacidade de alterar o raio do cotovelo, remover/atualizar as reduções e alterar o tamanho do ramo em T.

 

Barras

O CSiPlant contém uma vasta base de dados de acordo com as várias normas internacionais.

 

Elementos de Ligação (Links)

O CSiPlant dispõe de variados elementos de ligação para uma representação mais precisa do comportamento da estrutura. Inclui elementos de ligação lineares, multi-lineares elásticos, multi-lineares plásticos, elementos de contacto (“Gaps” e “Hooks”), amortecedores, elementos de atrito e isoladores de base (“Friction Isolators”, “Rubber Isolators” e “T/C Isolators”).

Propriedades dos Tubos

No CSiPlant podem definir-se conjuntos de propriedades dos tubos, incluindo o isolamento, o conteúdo do tubo, o revestimento interno e o revestimento externo.

 

 

Ações  


Aceleração

No CSiPlant podem-se aplicar ações de aceleração translacional e rotacional. As ações de aceleração podem ser aplicadas estaticamente ou numa análise time-history.

 

Cargas Automáticas

O CSiPlant gera automaticamente e aplica ações sísmicas e do vento com base em normas e regulamentos internacionais.
 

 

Definição de Cargas Específicas (user loads)

O CSiPlant é robusto na atribuição de cargas. As cargas lineares uniformes distribuídas podem ser atribuídas em qualquer direção. As cargas térmicas, de extensão e pressão podem ser atribuídas a barras ou elementos de tubagem. Podem-se aplicar cargas pontuais e deslocamentos impostos a qualquer nó.

 

Pressão

 

Temperatura

 

Cargas Pontuais/Distribuídas

 

 

Análise  

 

Análises Dinâmicas

As capacidades de análise dinâmica incluem o cálculo de modos de vibração usando vetores Ritz ou Eigen, análises de espectro de resposta e análises time-history, tanto para comportamento linear como não linear.

 

Vetores Ritz

A análise modal de vetores Ritz pode fornecer uma base melhor do que os vetores Eigen quando é usada para análises de espectro de resposta ou time-history modal. Os vetores Ritz produzem melhores resultados, pois são gerados tendo em conta a distribuição espacial da carga dinâmica.

 

Espetro de Resposta

A análise de espetro de resposta determina a resposta estatisticamente mais provável da estrutura a um determinado sismo. Este tipo de análise linear utiliza os espetros de resposta baseados nos tipos de sismo e condições locais. Este método é extremamente eficiente e considera o comportamento dinâmico da estrutura.

 

Time-History

A análise "time-history" capta detalhadamente a resposta da estrutura a movimentos basais devidos ao sismo e outros tipos de ações tais como: explosões, equipamentos, vento, ondas, etc. A análise pode recorrer a uma sobreposição modal ou a métodos de integração direta, lineares e não lineares. O método modal não linear, FNA ("Fast Nonlinear Analysis"), é extremamente eficiente e preciso para vários tipos de problemas. O método de integração direta é ainda mais geral e pode abranger grandes deslocamentos e outros tipos de comportamentos altamente não lineares. As análises "time-history" não lineares podem ser encadeadas a partir de outros tipos de casos não lineares (incluindo faseamentos construtivos), abordando uma vasta gama de aplicações práticas.

 

Análise de Encurvadura 

A encurvadura pode ser um problema de dimensionamento numa série de aplicações de diversos sistemas de tubagem, incluindo a análise de tubagem encamisada, a deformação devida ao gradiente térmico, tubos de plástico e GRP, pipe racks com ancoragens intermédias, condutas elevatórias altas, entre outros. Utilizando as opções de análise de encurvadura linear (Eigen buckling) e encurvadura não-linear de grandes deslocamentos, o CSiPlant torna bastante prática a verificação da encurvadura durante a fase de dimensionamento.

 

 

Sequência de Carregamentos

O CSiPlant oferece possibilidades ilimitadas de modelação de sequências não-lineares de carregamentos, permitindo considerar a ordem de aplicação das cargas. Uma vez que o atrito atua de forma diferente durante o arranque, fecho, ou outras condições de carga, é muitas vezes necessário ter em conta a sequência de carregamento, incluindo a sequência de carga e descarga térmica, para determinar reações e tensões nos piores casos.

 

Resultados  

 

Cálculos do Centro de Gravidade (CG)

O peso dos equipamentos, as bandejas de cabos e outros elementos podem ser aplicados ao modelo de análise como cargas distribuídas ou cargas pontuais concentradas. O CSiPlant permite que os utilizadores selecionem as cargas a incluir num caso do Centro de Gravidade (CG) e podem ser definidos e avaliados vários casos CG na mesma análise.

 

 

Geometria Deformada 

Os utilizadores podem consultar a geometria deformada de acordo com qualquer carga ou combinação de cargas, bem como animações dos modos de vibração.

 

 

Esforços/Tensões em Barras e Elementos de Tubagem

A visualização dos esfrorços e tensões em barras e elementos de tubagem pode ser baseada num caso de carga, combinação de cargas ou num caso modal. Os utilizadores podem consultar os esforços e tensões resultantes em qualquer componente em qualquer direção. Pode-se controlar o modo de visualização, optando por mostrar a estrutura deformada, sem deformar, em vista extrudida, com ou sem valores.

 

Tabelas de Resultados

O CSiPlant tem a capacidade de compor e apresentar tabelas com todos os parâmetros de entrada, resultados de análise e de dimensionamento. É possível fazer operações como: ordenar, cortar, copiar e colar para outros programas, e também imprimir ou guardar para Access, Excel, Word, HTML ou TXT.

 

Importação e Exportação  

 

Integracão com outros Programas

O CSiPlant permite a integração entre modelos de tubagens e programas de análise estrutural. Importe um modelo detalhado de análise estrutural do SAP2000 para o CSiPlant e conecte-o automaticamente ao modelo de tubagem para uma análise não linear integrada e respetivo dimensionamento. Importe geometria a partir de um ficheiro CII.

 

Interoperabilidade com o SAP2000

A importação de um modelo do SAP2000 para o CSiPlant é completa e inclui cargas, seções de barra, eixos locais, rótulas, grelhas, restrições de apoio, definições de massa e outras propriedades e definições. As reações nos suportes de tubagem, obtidas através da análise acoplada no CSiPlant podem ser exportadas seletivamente para o SAP2000 com opções para filtrar por seção de tubagem e caso de carga. As reações do SAP2000 podem ser exportadas automaticamente para o SAFE para o dimensionamento de fundações de betão armado, para integrar a análise e dimensionamento de fundações com a análise da estrutura e tubagem.